Os sistemas de Kung Fu são conhecidos por ter influência de .

Antigos artistas marciais chineses consideravam as técnicas de combate inspiradas em animais um avançado nível de sobrevivência em combate melhor do que qualquer ser humano pode fazer. Ao estudarem as formas de combates dos animais (a natureza dos pássaros, serpentes, insetos e animais terrestres) criaram sistemas e artes marciais modificadas com análises racionais. Esta é a origem de muitos dos estilos de Kung Fu.

Muitos estilos de Kung Fu usam os mesmos animais. Todavia, cada estilo tem sua própria interpretação. Alguns preferem imitar o espírito do animal, ao passo que outros tem interesse nas habilidades dos animais. Muitos princípios contidos em técnicas animais são difíceis de entender devido a muitos professores ensinarem estas técnicas semelhantes a dança desprovidos de eficiência. Além disso, muitos filmes de artes marciais confundem as pessoas sobre o real significado dos movimentos animais do Kung Fu.

Muitas técnicas e estilos de animais vieram das artes praticadas no Templo Shaolin, originadas na Dinastia SONG (960-1.289 d.C.). No final da Dinastia MING (1368-1644 d.C.); um monge graduado de SHAOLIN chamado ZHUE YUEN mudou o curso das artes marciais de SHAOLIN. ZHUEN YUEN tinha se tornado um perito em combate de mãos nuas e técnicas de espadas antes de se tornar um monge Budista. Quando ele ingressou no Templo Shaolin ele constatou que SHAOLIN KUNG FU era bastante externo e empregava muita força contra força. ZHUE YUEN recriou o sistema SHAOLIN para equilibrar forças internas e externas. Ele viajou através da China incorporando artes marciais em uso, mas ainda praticadas, em seu novo sistema SHAOLIN

Go to top